De onde vieram as famosas rosquinhas?

 

Eles são coloridos, saborosos e deliciosos para comer com a boca ou com os olhos. De origem norte americana, a rosquinha é derivada da palavra “doughnut”, que significa rosca frita, e foi usada pela primeira vez pelo historiador Washington Irving, no livro “História de Nova York”, em 1809.

As rosquinhas doces têm uma massa açucarada e frita, que pode ser coberta, ou até mesmo recheada, por diversos sabores e itens de decoração. Não se sabe a real história de origem, mas existe uma teoria de que as rosquinhas foram trazidas à América do Norte pelos holandeses. Há também, por outro lado, a história de Hanson Gregory, um americano que disse, em 1847, aos 16 anos, fez uma receita semelhante a de um sonho, mas por não ter gostado do formato ainda cru, optou por fazer um buraco no meio, chegando assim na forma que encontramos hoje em dia.

Este doce típico americano ganhou mais visibilidade ainda quando foi introduzido como o doce favorito do personagem principal de um dos desenhos norte americanos mais conhecidos do mundo. No Brasil  mais populares são os recheados e com cobertura, diferentemente do país de origem, que gostam mais do padrão de rosquinha, sem recheio.