Pão francês integral é tendência nutritiva em estabelecimentos

Pão francês integral

Preocupação da população com a saúde aumentou a procura de produtos integrais

Simples, versátil e muito gostoso, o pão é um alimento muito popular. Que vai bem do café da manhã ao jantar.

Embora seja apontado por muitos como um risco para uma dieta saudável, ele pode ser consumido com moderação de diversas formas, ainda mais se for o pão francês integral Costa Lavos.

Por conta do crescimento da procura do pão francês integral, os estabelecimentos que buscam andar lado a lado com as últimas tendências do mercado. Para isso investem cada vez mais nesta opção saudável e saborosa para seus clientes.

A adesão dos pães integrais é uma ótima alternativa ao pão tradicional. Já que boa parte da população têm se preocupado em fazer escolhas mais saudáveis.

Oferecendo esta opção mais nutritiva, o comerciante não perde os clientes que mudaram seus hábitos alimentares. São consumidores que querem comer bem e de forma mais leve. Com isso o estabelecimento ainda tem a chance de conquistar um novo público.

Pães francês integrais

Opção saudável e saborosa

Atualmente, muita gente corta o pãozinho da dieta quando precisa perder peso, mas esse sacrifício nem sempre é necessário. Aliás, nutricionistas afirmam que a quantidade e o acompanhamento do pão é que vão determinar se ele deve ou não ser mantido dentro da restrição.

Entre os recheios indicados estão queijos brancos, requeijão light e manteiga de ervas. Sendo a manteiga de ervas apontada como uma ótima opção para substituir molhos mais pesados e gordurosos. Assim como a margarina tradicional e maionese.

Nutricionistas apontam que com alguns cuidados e as combinações corretas, o pão pode sim se transformar em uma refeição completa e nutritiva. Por isso, os pães integrais oferecem benefícios e são uma boa aposta, pois possuem carboidratos complexos, que contam com fibras e aumentam a saciedade.

Portanto, os especialistas costumam destacar que não há fundamentos para abolir o consumo de carboidratos e muito menos de pães. Pois quando retiramos esse componente de nosso cardápio, acabamos excedendo o consumo de gorduras e proteínas, podendo comprometer até mesmo a normalidade do nosso organismo.